sábado, 10 de agosto de 2013

sábado, 3 de agosto de 2013

Patãnjali Mantra


Patãnjali mantra


Om...



yogena cittasya padena vacam


malam sarirasya ca vaidyakena
yo pakarottam pravaram muninam
patanjalim pranjaliranatosmi

abahu purushakaram
shankha chakrasi dharinam
sarasra shirasam svetam
pranamami patanjalim

hari om

Tradução

Mantra em reverência a Patãnjali

Om...

yogena cittasya padena vacam
Inclinemo-nos ante o mais nobre dos sábios, Patanjali, que nos deu o yoga para a serenidade da mente e pureza da consciência, que nos deu a gramática para a clareza e pureza da fala

malam sarirasya ca vaidyakena
e a medicina para a perfeição e pureza do corpo

yo pakarottam pravaram muninam
fiquemos ao lado de quem nos deu tudo isso

patanjalim pranjaliranatosmi
inclinemo-nos ante ao Mestre Patanjali

abahu purushakaram
cuja parte superior do corpo tem a forma humana

shankha chakrasi dharinam
cujas mãos carregam uma concha e um disco

sarasra shirasam svetam
e que é coroado por uma serpente de mil cabeças

pranamami patanjalim
eu saúdo a incarnação de Adisesa.

hari om


Patanjali (em sânscrito: पतञ्जलि , Patāñjali) viveu entre 200 a.C. a 400 d.C.. O cometário de Vyasa o define como descendente de Santanu.
Existem diversas histórias sobre o mesmo como sendo ele uma encarnação do deus serpente Ananta, ou meio homem meio serpente, ou ainda uma serpente que desejando ensinar o yoga ao mundo, caiu (pat) dos céus nas palmas das mãos abertas (anjali) de uma mulher, que por sua vez o chamou de Patandjáli.
Nos documentos de Shadgurusishya pesquisados por Max Muller indicam cinco gerações de professores da tradição sânscrita, sendo o primeiro Shaunaka, seguido por Asvalayana, Katyayana, Patandjáli e finalmente Vyasa.

Patāñjali tem a reputação de ser o autor do Yoga Sutra, bem como do comentário sobre a gramática do sânscrito por Pānini(Ashtadhyayi) que é conhecido Mahābhāsya ouBhartrihari. Existem também muitos textos da Ayurveda atribuídos a ele. Mas quase todas as escolas acreditam atualmente que estes textos foram escritos por diferentes pessoas em diferentes eras.