Mantras



O mestre de Yoga nos ensina a repetir os mantras que vão nos direcionando até a meditação. Recitando esses mantras, muda-se toda a atmosfera. A dimensão da consciência universal pura está além de nossa experiência sensorial material. O mantra é a ponte que as almas auto-realizadas trouxeram como presente para nós, são revelações espirituais.

Temos que criar nossas próprias experiências. Do mesmo jeito que qualquer outra disciplina, essa ciência trascendental tem uma teoria - para verificar sua veracidade - e um resultado prático. Não é simplesmente um exercício mental. Você pode cantar estes mantras sempre que puder.
Cada mantra em sânscrito está junto com seu significado e pode ser recitado silenciosamente, falado ou cantado.
O poder do mantra só depende da atitude e o desejo.

"Man" significa mente, "Tra" significa liberação, "Mantra" significa sons que podem libertar nossa mente.

O mestre da escola de Yoga Inbound direciona o canto para depois todo mundo repetir. Com prática e dedicação os mantras providenciam um estado de consciência calmo, ausência de estress e felicidade interna permanente.

Mantras Pricipais na prática de Yoga Inbound:

OM

Inspirar profundamente pelo nariz, devagar fazer o som do OM. Na primeira metade da exalação  fazer o som da letra O, na parte final a letra M, o som deve ser suave e medido. Quando se recita em grupo, não deve ser diferente da vibração coletiva.
OM é o som universal da criação que contém todo o conhecimento que os Vedas nos ensinam.

HARI OM

Para que a Verdade capture nossos corações.

OM SHANTI SHANTI SHANTI

Chama a paz em nossos corações com a intenção de beneficiar o mundo tudo.

HARIBOL

HARI, é um nome de Vishnu e siginifica a beleza trascendental divina e eterna. BOL significa canta. HARIBOL significa canta sempre para o divino, para o eterno, para a beleza trascendental que também mora em nossas almas como PARAMATMA ou alma suprema.

MANTRA MAHA MRITYUNJAYA 
"O Grande Mantra da Vitória Sobre a Morte."

Maha = Grande      Mrityun = Morte     Jaya = Vitória

OM TRYAMBAKAM YAJAMAHE
SUGANDHIM PUSHTI VARDHANAM
URVA RUKAMIVA BANDHANAT
MRITYOR MUKSHIYA MAMRITAT

----------------------
PRONÚNCIA EM PORTUGUÊS
OOMM TRIAMBACAM IÃDIAMARREE
SUGAND-RRIM PUSHH-TI VARDANAM
URVÁÁ RUCAMIVA BANDANÁÁ
MRI-TYOR MUK-CHÍA MAA-MRITÁÁ



Este mantra é rejuvenescedor, outorga saúde, riquezas, uma vida longa, paz, prosperidade e contentamento. Como é uma oração endereçada ao Senhor SHIVA, ao entoarmos este mantra, vibrações Divinas são geradas para repelir todas as forças negativas do mal, criando um escudo protetor energético poderoso.
Este é um mantra para pedir a cura de doenças, e para proteger contra acidentes e desgraças de todas as espécies.
Maha Mrityunjaya também é conhecido como "Mantra Moksha" o mantra da libertação da reencarnação do Senhor Shiva. Este é um mantra protetor contra acidentes, infortúnios e calamidades diárias, um mantra para sermos libertados dos sofrimentos físicos, mentais e emocionais, dos medos da morte e de acidentes.
O grande número encontrado de diferentes interpretações deste mantra,  deixa claro que nenhuma delas faz justiça a todos os níveis e significados que ele nos traz. A múltipla natureza das palavras em sânscrito,faz com que isto seja possível.
Na verdade, a pronúncia correta dos sons do mantra são mais importantes aos praticantes, do que a sua tradução exata. Como música, a ressonância destes sons atrai a mente e a dirige a uma experiência interior. O significado literal do mantra é secundário. Por outro lado, é importante conhecer o significado do mantra para desenvolver uma fé nele.
O primeiro passo é aprender a recitar o mantra corretamente. Embora pareça meio longo, ele tem só trinta e três sílabas que podem ser aprendidas com um esforço modesto. Uma repetição lenta combinada com uma revisão do significado das palavras individuais ajudará a lembrá-lo.
Uma vez que o mantra seja aprendido, leve o significado para sua mente enquanto faz sua meditação diária, como um tipo de invocação em sua prática normal.
Depois de acalmar o corpo e a respiração, entoe o mantra por 3, 27, 33, 108 recitações, e permita sua mente tornar-se absorta pelos sons e ritmos de cada linha.
Deixe o mantra puxar sua consciência ao centro do seu coração ou para o centro das sobrancelhas, na altura do ajña chakra .
Se for recitar o mantra para resolver um problema de saúde, focalize sua consciência no manipura chakra mais conhecido como plexo solar.
É muito comum na Índia, recitarem o mantra Mrityunjaya, quando uma criança faz seu primeiro ano de idade. É uma forma de desejar à criança uma vida longa e saudável.
Alguns recitam o mantra em todos os aniversários, sendo que os 60º e 80º aniversários são também considerados especiais, para a recitação do mantra, para que a passagem, agora mais próxima, possa ocorrer com a vitória da vida eterna.



PATANJALI MANTRA



Patãnjali mantra



Om...




yogena cittasya padena vacam



malam sarirasya ca vaidyakena


yo pakarottam pravaram muninam
patanjalim pranjaliranatosmi

abahu purushakaram
shankha chakrasi dharinam
sarasra shirasam svetam
pranamami patanjalim

hari om

Tradução

Mantra em reverência a Patãnjali

Om...

yogena cittasya padena vacam
Inclinemo-nos ante o mais nobre dos sábios, Patanjali, que nos deu o yoga para a serenidade da mente e pureza da consciência, que nos deu a gramática para a clareza e pureza da fala

malam sarirasya ca vaidyakena
e a medicina para a perfeição e pureza do corpo

yo pakarottam pravaram muninam
fiquemos ao lado de quem nos deu tudo isso

patanjalim pranjaliranatosmi
inclinemo-nos ante ao Mestre Patanjali

abahu purushakaram
cuja parte superior do corpo tem a forma humana

shankha chakrasi dharinam
cujas mãos carregam uma concha e um disco

sarasra shirasam svetam
e que é coroado por uma serpente de mil cabeças

pranamami patanjalim
eu saúdo a incarnação de Adisesa.

hari om



Patanjali (em sânscrito: पतञ्जलि , Patāñjali) viveu entre 200 a.C. a 400 d.C.. O cometário de Vyasa o define como descendente de Santanu.
Existem diversas histórias sobre o mesmo como sendo ele uma encarnação do deus serpente Ananta, ou meio homem meio serpente, ou ainda uma serpente que desejando ensinar o yoga ao mundo, caiu (pat) dos céus nas palmas das mãos abertas (anjali) de uma mulher, que por sua vez o chamou de Patandjáli.
Nos documentos de Shadgurusishya pesquisados por Max Muller indicam cinco gerações de professores da tradição sânscrita, sendo o primeiro Shaunaka, seguido por Asvalayana, Katyayana, Patandjáli e finalmente Vyasa.



Patāñjali tem a reputação de ser o autor do Yoga Sutra, bem como do comentário sobre a gramática do sânscrito por Pānini(Ashtadhyayi) que é conhecido Mahābhāsya ouBhartrihari. Existem também muitos textos da Ayurveda atribuídos a ele. Mas quase todas as escolas acreditam atualmente que estes textos foram escritos por diferentes pessoas em diferentes eras.



MAHA MANTRA HARE KRISHNA



Nas escrituras da Índia se recomenda para a era atual um som muito especial, o Grande Cântico para a liberação da mente, o Maha-Mantra Hare Krishna. Os eruditos recitam este som espiritual como um meio muito eficaz de invocação de Deus.
Maha é “grande”, o que significa que nele todos osmantras e todos os processos para a auto-realização estão condensados. Ou seja, que qualquer benção ou realização outorgada por outros mantras é concedida automaticamente pelo cantar do maha-mantra. Por isso é conhecido como o “grande mantra”, que contêm a potência intrínseca de todos os demais processos espirituais.
Kalisantarana Upanisad recomenda o Maha Mantra Hare Krishna como o processo mais efetivo de realização do Absoluto, especialmente desenhado para esta presente era. O Senhor Caitanya Mahaprabhu, conhecido como o yuga-avatara, encarnação divina para esta era atual (de kali, de ferro e hipocrisia), apareceu há quinhentos anos para distribuir o cantar dos santos nomes de Deus, como o dharma ou dever espiritual mais adequado e acessível para esta era.
A grande dádiva do Senhor Caitanya é outorgar livremente a conquista mais elevada, amor puro por Krishna para as pessoas mais necessitadas desta era, sem levar em consideração seu mérito ou qualificação. A única condição para cantar-lo é ter fé e sinceridade no processo. Por isto o Senhor Caitanya é reconhecido pelas autoridades espirituais, como a encarnação mais magnânima e misericordiosa de Deus. 
Sri Caitanya Mahaprabhu
  Portanto, pode-se cantar o maha-mantra Hare Krishna em qualquer momento, em qualquer lugar ou em qualquer circunstância, seja em casa, no templo, na rua, no metrô, etc. Não existe impedimento para sua prática que libera as pessoas em geral de todos os hábitos indesejáveis, e desperta toda a boa fortuna, iniciando o fluxo das ondas de Amor por Krishna.
Portanto, é recomendado aos estudantes do bhakti-yoga que pratiquem e ajudem a difundir este maha-mantra, pois Seu som transcendental está relacionado de maneira inseparável com o que ele representa. Sempre deve-se lembrar: nama namî abhinna (não há diferença entre o Nome e o nomeado). O santo Nome de Krishna não é diferente do próprio Krishna, este é Sua própria encarnação sonora.
O significado do Maha-Mantra Hare Krishna é “Ó meu Senhor Sri Krishna! Ó energia de Amor Supremo! Ó fonte de força e prazer! Aceita esta alma que por ter tantos desejos egoístas se encontra no oceano de repetidos nascimentos e mortes; por favor, aceite-me como Seu servente imotivado”. Também pode ser traduzido como uma singela, oração: “Ó meu Senhor deixa-me ser um instrumento de Teu Amor”.

O canto do Santo Nome pode acontecer de duas maneiras: individualmente (em silêncio, em murmúrio, ou em voz alta) ou em grupo (canto congregacional) que pode ser acompanhado por instrumentos musicais. O sentimento comunal compartilhado que caracteriza os cantos em conjunto eleva o nível de consciência dos participantes e estimula a formação de profundos laços espirituais na comunidade.
Antes de recitar o maha-mantra, cantar músicas devocionais em atitude meditativa, como por exemplo, as inspiradas por nossos mestres espirituais, é um método simples e eficaz para canalizar o excesso de energia negativa na direção apropriada, já que todas as canções são expansões do maha-mantra Hare Krishna.

Abordagem filosófica do Maha-Mantra

HARE KRISHNA
HARE KRISHNA
KRISHNA KRISHNA
HARE HARE

HARE RAMA
HARE RAMA
RAMA RAMA
HARE HARE

Como em qualquer outra disciplina, esta ciência transcendental tem uma teoria – uma via para verificar sua validez - e um resultado prático. Isto não é um simples exercício mental, sua experiência é prática e facilmente perceptível dependendo da atitude e sinceridade do praticante.

A vibração transcendental do canto do maha mantra Hare Krishna é o método sublime para reviver a consciência de Krishna (Deus). Como almas espirituais todos são originalmente entidades conscientes de Krishna, porém, devido à relação com a matéria desde tempos imemoriais, a consciência está agora poluída pela atmosfera material.
Sri Caitanya Mahaprabhu estava absorto no cantar dos Santos Nomes
A atmosfera material, na qual se vive agora, é chamada maya, ou ilusão. Maya significa “aquilo que não é”. A ilusão é pensar que todos são os senhores da natureza material, enquanto que na verdade estão sob as garras de suas estritas leis. Quando o servo artificialmente tenta imitar o amo todo-poderoso, isto se chama ilusão.
Neste poluído conceito de vida, todos tentam explorar os recursos da natureza material, mas na realidade ficam mais e mais enredados em suas complexidades. Portanto, embora estejam ocupados numa árdua luta para conquistar a natureza, estão cada vez mais dependentes dela. Esta luta ilusória contra a natureza material poderá imediatamente acabar ao reviver a consciência de Krishna. A consciência de Krishna não é um artifício imposto à mente; esta consciência é a energia original da entidade viva. Quando se escuta a vibração transcendental, esta consciência é revivida.
Este canto Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare, Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare é diretamente decretado da plataforma espiritual, e assim, esta vibração sonora ultrapassa todas as camadas de consciência inferior - a saber, sensual, mental e intelectual. Não há necessidade, portanto, de compreender a linguagem do mantra, tampouco é preciso especulação mental ou qualquer ajuste intelectual para cantar este mantra.
Ele surge automaticamente do plano espiritual, não necessita nenhuma qualificação prévia, qualquer pessoa pode tomar parte no canto e dançar em êxtase. É claro que para alguém que está muito enredado na vida material, leva um pouco mais de tempo para chegar ao ponto ideal, mas mesmo esse homem materialmente absorto eleva-se à plataforma espiritual muito rapidamente. Quando um devoto puro do Senhor canta o mantra com amor, o mantra exerce grande efeito sobre os ouvintes, e nesse caso, este canto deve ser ouvido para que  tenha efeitos imediatos.
A palavra Hare é a forma de dirigir-se à energia do Senhor, e as palavras Krishna e Rama são formas de se dirigir ao próprio Krishna. Krishna significa o “todo atrativo” e Rama o “prazer supremo”, e Hara é a suprema energia de prazer do Senhor, modificada para Hare no vocativo. A suprema energia de prazer do Senhor nos ajuda a alcançar o Senhor.
A energia material, chamada maya, é também uma das muitas energias do Senhor. E as entidades vivas também são uma energia –a energia marginal- do Senhor. As entidades vivas são descritas como superiores à energia material. Quando a energia superior está em contato com a energia inferior, uma situação incompatível surge, mas quando a energia marginal superior está em contato com a energia superior, chamada Hara, a entidade viva se estabelece em sua condição normal e feliz.
Estas três palavras, Hare, Krishna e Rama, são as sementes transcendentais do maha-mantra. O canto é uma maneira espiritual de dirigir-se ao Senhor e Sua energia interna, Hara, pedindo que dêem proteção à alma condicionada. Este canto é exatamente como o choro de uma criança por sua mãe. A mãe Hara auxilia o devoto a alcançar a graça do supremo pai Hari, ou Krishna, e o Senhor Se revela ao devoto que canta este mantra sinceramente.
(Significado por Sua Divina Graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada)



Jagat Guru Srila Prabhupada

Efeitos do cantar

Os efeitos de cantar o Maha Mantra aparecem no
Sik Sastakam escrito por Sri Caitanya Mahaprabhu
Na primeira etapa se limpa o espelho da mente. Se o espelho do sistema mental se encontra empoeirado, não é possível ver as coisas claramente e o conselho  escritos nos Vedas não poderá ser refletido ali como é devido.
Os ilimitados, efêmeros e desorganizados desejos são considerados pó, e a mente e o coração estão cobertos com camadas e mais camadas dessa poeira. Por isso não se pode ver as coisas de maneira apropriada. A verdade não pode ser refletida na mente da forma devida, porque ela se encontra coberta pelos ilimitados desejos ordinários deste mundo material.
Na segunda etapa, o efeito do mantra extingue o fogo da existência material, na floresta de repetidos nascimentos e mortes.  No primeiro passo se purifica a inteligência. No segundo passo, o mantra libera da grande influência das três classes de misérias: as misérias do corpo, da mente (tais como ansiedade mental) e doenças. Quem canta fica protegido das misérias que provêm do meio ambiente externo, como, por exemplo, outros seres humanos, bestas, insetos e muitas outras entidades viventes e também das misérias provocadas pelas catástrofes naturais.
A terceira etapa traz uma verdadeira fortuna: a abertura do tesouro da alma. O maha-mantra desperta progressivamente os recursos inatos do Ser. Assim como quando a flor desabrocha e solta sua fresca fragrância, da mesma maneira, quando o maha-mantra entra em nos ouvidos e cativa o lótus do coração, todas as qualidades inerentes à alma afloram, e surge sua fragrância original. Este é o começo do caminho positivo que leva a verdadeira realidade, eterna, auspiciosa e bela.
E finalmente concede a meta suprema da vida: o amor divino (prema) que conquista e penetra todo o ser.